O MITO DA CAVERNA DE PLATÃO AOS OLHOS DE JESUS CRISTO
5 (100%) 2 votos
- ANTIGO TESTAMENTO, NOVO TESTAMENTO, PROVOCAÇÕES

O MITO DA CAVERNA DE PLATÃO AOS OLHOS DE JESUS CRISTO

O mito da caverna foi uma alegoria filosófica contada no livro A Republica de Platão, filósofo grego do século 4 antes de Cristo, que infelizmente se encaixa perfeitamente ao cristianismo praticado hoje nas igrejas. Segundo este mito haviam homens que viveram toda sua vida presos e acorrentados em uma caverna, e a única coisa que eles viam eram sombras de objetos projetadas pela luz na parede dessa caverna. Assim, sua visão de mundo se baseava nestas sombras. Segundo Platão se um deles conseguisse fugir e visse a verdade do outro lado da caverna e seu exterior o que ele faria? Poderia aceitar a realidade como ela é e seguir em frente; não aceitar essa nova realidade voltando para a caverna e continuar a contemplar as sombras; ou voltar para caverna contando aos outros que ficaram o que viu, onde provavelmente seria chamado de louco, mentiroso e assim, ignorado. Esta historia mostra como podemos dominar uma pessoa e mostrar a ela mundo de acordo com nossas vontades. Imagine essa parábola pensando na igreja, separando-a por um momento, de Deus.

Será que a imagem que temos de Deus é a Verdadeira?

Nas igrejas de hoje acontece como no mito da caverna de Platão, temos os fiéis dentro dos templos presos atrás de um muro onde os pastores/padres construíram um boneco de Jesus mostrando a sombra deste boneco como se fosse Jesus Verdadeiro. Assim os fiéis acreditam no que veem, que é a sombra de Jesus, um Jesus que foi fabricado e idealizado pela igreja de acordo com suas necessidades e desejos. Mas e se um fiel conseguisse escapar da prisão da igreja e saindo dela encontrasse outra imagem de Jesus diferente da que via na sombra, o que faria? Possivelmente sentiria medo do castigo de Deus por estar olhando para outra imagem Dele e temendo a condenação, voltaria para escuridão da igreja. Mas e se ele abrisse seus olhos para ver melhor essa outra face de Jesus? Ele poderia ver ao Jesus Verdadeiro e não uma imagem que outro homem construiu.

Se você fugir da caverna, o que Jesus lhe dirá?
João 8:32

Deus se revela para nós de formas diferentes, então não posso dizer como é a Face de Deus, você precisa encontrá-la por si mesmo. O que posso dizer é que é preciso perseverança e coragem para ver a Verdade. Se você serve a Deus por temor a Ele, medo do inferno ou da condenação, você irá fechar essa página em cinco segundos, esquecer o que leu aqui e no domingo vai a igreja sentando no lugar que sempre sentou, sem ver o muro que lá está. Porém se você segue a Deus por que O ama e ama ao seu irmão, você pode tirar suas mãos do rosto e se perguntar se realmente vive o Jesus Verdadeiro ou se está preso aos rituais e ensinamentos da religião que outros lhe mostraram.

A Vós, desejo a Paz, a Graça e o Amor de Nosso Senhor Jesus em todos os seus dias!

O MITO DA CAVERNA DE PLATÃO AOS OLHOS DE JESUS CRISTO
5 (100%) 2 votos

2 comentário em “O MITO DA CAVERNA DE PLATÃO AOS OLHOS DE JESUS CRISTO

  1. Excelente texto amigo. Hoje vemos tantas heresias sendo ensinadas e tantas baboseiras que qualquer ser pensante com fé sabe discernir e estranhar. É preciso denúncia. Há muitas pessoas simples que são vítimas destes pastores truculentos. Ilusionistas, hipnotizadores, charlatões e principalmente hereges que colocam Moisés em seus púlpitos em detrimento de Cristo. É nojento e o inferno não perde por esperar por estas cobras venenosas!!!

  2. Gostei do comentário ” quem não tem dúvidas está mal informado”. Como é que pode um ser pensante não usar sua inteligência – somos o único animal que adquiriu a razão – e perceber que não tem cabimento persistirem “as sombras da caverna de Platão ” e ainda mais nos dias de hoje em que a informação está disponível para todos? Observe uma “fake news” relativa a um fato de uma semana atrás e que se torna verdade para muitos! Ora, se isso ocorre em tão pouco intervalo de tempo, e com toda comunicação atual, imagine um fato dito ” histórico”. Em suma, não tem porque ler qualquer coisa e considerar aquilo verdadeiro, imutável, significativo, etc, etc, pois em tudo tem a mão do homem, que não era diferente antes na arte de manipulação, praticamente a “oração” de todos nos dias de hoje em que as pessoas têm necessidade de se sentir importante. Eu digo e sigo: um fato histórico não passa de um suposto fato histórico. Na vida em sociedade, se necessitar dela, igreja ou não, dizia Schopenhauer, ” fale o menos que puder e acredite menos ainda no que ouvir”! Para ter bem estar, trate apenas de incorporar novas virtudes e corrigir tudo que não aprecia em si mesmo. De fora, só o que vem natureza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *